PELA RETOMADA DE NEGOCIAÇÕES CASSI

/, Todas/PELA RETOMADA DE NEGOCIAÇÕES CASSI

Reunidas em Brasília, na Sede da ANABB,  as entidades representativas de funcionários ativos e aposentados que compõem a Mesa de Negociações CASSI (AAFBB, ANABB, CONTRAF, CONTEC e FAABB), avaliaram a decisão do Corpo Social que por mais de 91 mil votos rejeitou a proposta de reforma estatutária da CASSI.

Foram debatidos os seguintes temas pelas entidades:

•    o comunicado da Cassi que divulgou risco de insolvência e  atrasos nos pagamentos de prestadores;

•    os procedimentos a serem adotados para reabertura do processo de negociação com o Banco do Brasil, cabendo à diretoria da Cassi o fornecimento de dados para as partes;

•    os próximos passos para a reabertura das negociações com o patrocinador BB para uma construção conjunta de soluções para o equacionamento do fluxo de caixa, a liquidez e a solvência do Plano de Associados.

No debate realizado, foi concluída e definida as seguintes ações:

•    o comunicado da Cassi colocando sob risco sua capacidade de honrar compromissos foi considerado uma iniciativa precipitada pois traz o risco de prejuízos à reputação da Cassi, do próprio BB e estremece sua relação com os prestadores;

•    foi elaborado ofício conjunto dirigido ao Banco do Brasil, assinado pela Mesa de Negociações, reivindicando a reabertura imediata das negociações entre a representação dos associados e o patrocinador;

•    foi solicitado às entidades signatárias do Memorando de Entendimentos de 2016 que ajustem a proposta no menor espaço de tempo possível para ser avaliada pela Comissão. Posteriormente será convocado um Encontro Nacional dos Funcionários do BB, aberto a todos os associados, para deliberação da respectiva proposta;

•    A convocação do Dia Nacional de Luta em Defesa da Cassi, a ser realizado em 18 de outubro, com cada entidade e sindicatos orientando sobre as atividades a serem realizadas em defesa da Cassi.

Uma próxima reunião da Comissão Nacional de Negociação sobre a Cassi foi agendada para o dia 17 de outubro, na sede da ANABB. Novas informações serão divulgadas na medida em que forem sendo deliberadas.

A FAABB avalia que a unidade das entidades da mesa de negociação foi refletida no resultado da votação, mostra o acerto da tomada de posição que foi reforçada  pela suspensão dos efeitos da Resolução CGPAR 23, principal instrumento onde o Patrocinador se escudava para tentar impor alterações nocivas aos interesses dos associados.

Ao pleitearmos a retomada de negociações, conclamamos a todo o funcionalismo para que se irmane no empenho de resgatar a CASSI.

 

2018-10-18T19:12:21+00:00